Gestão escolar Archives - Studos

Consultor educacional: o que faz?

Em um cenário cada vez mais competitivo, contar com a visão de um consultor educacional ajuda a agregar valor à sua instituição.

A educação está em constante mudança. As transformações pelas quais passamos como sociedade refletem diretamente na forma como as novas gerações aprendem e buscam conhecimento, e as instituições precisam estar atentas a isso.

A competitividade também aumenta a cada ano. Segundo pesquisa do IBGE divulgada em 2019, o segmento educacional é o que mais cresce em número de empresas no Brasil: enquanto o total de empresas ativas no país teve queda de 6,73% entre 2013 e 2017, o segmento de educação apresentou um aumento de 37,5%.

A questão é: qual é o melhor caminho a ser seguido por instituições que querem se destacar no mercado e fortalecer a sua marca?

É nesse contexto que entra o consultor educacional. Confira no artigo abaixo no que consiste essa função, quais benefícios o serviço traz para as escolas e como escolher uma boa consultoria.

1 → O que faz um consultor educacional

Antes de entrarmos na função do consultor, é preciso esclarecer a posição da instituição educacional como um negócio. Ainda que a venda seja apenas uma etapa do processo, as escolas precisam gerar renda para se manter, para pagar seus funcionários e aprimorar o ensino. E, para garantir vendas, ela precisa saber se posicionar no mercado.

O papel do consultor educacional é facilitar esse posicionamento a partir de uma gestão estratégica que otimiza recursos ao mesmo tempo em que alinha a instituição às tendências do setor. Após o diagnóstico, o consultor está apto a apontar os pontos de melhoria que podem fazer a diferença nos resultados e na qualidade dos serviços oferecidos.

A consultoria pode ser focada nos segmentos nos quais os gestores têm maior dificuldade (como marketing educacional, gestão estratégica ou finanças) ou pode ser oferecida de forma mais completa, abarcando todas as áreas.

2 → Por que é importante ter um consultor na sua escola?

O setor da educação é influenciado por vários fatores. As mudanças estruturais no cenário da educação brasileira, a concorrência de novas instituições de ensino que surgem todos os anos e crises externas (como é o caso da Covid-19) são apenas algumas deles. Em um contexto assim, é preciso investir na competitividade do negócio, e nem sempre quem está à frente da instituição tem conhecimentos para isso.

Contar com um consultor que tem experiência de mercado é uma forma de garantir a aposta em táticas mais certeiras e com maiores chances de sucesso. A partir da consultoria, é possível buscar oportunidades de crescimento para um negócio específico, além de identificar os empecilhos existentes que interferem no seu desenvolvimento. 

3 → Como a consultoria é feita

Primeiramente, o consultor avalia a realidade da instituição e os fatores internos e externos que influenciam no seu desempenho para chegar a um diagnóstico. Isso torna possível destacar as forças e as fraquezas do negócio, a fim de definir um plano de ação estratégico.

A partir daí, a consultoria passa a orientar diretores, coordenadores e funcionários sobre como solucionar e evitar os problemas constatados, além de ajudá-los a elaborar e colocar em prática o plano de ação focado em melhorias. Além disso, o consultor educacional também auxilia a equipe na mensuração e análise de resultados.

Ao constatar que tudo está alinhado, o consultor deixa que a equipe assuma a frente e siga colocando o plano de ação em prática.

4 → Benefícios para as escolas

Agrega valor aos seus serviços

Uma vez que os problemas da instituição são solucionados, os gestores podem redirecionar os seus esforços para a melhora na qualidade dos serviços e do ensino oferecido. A partir daí, é possível elevar o padrão de ensino e buscar metodologias mais adequadas às mudanças do mercado a fim de formar alunos mais preparados para o futuro.

Traz soluções alinhadas à sua instituição

Antes de propor qualquer mudança, o consultor avaliará a particularidade de cada instituição e levará em conta questões relacionadas à limite orçamentário ou fatores estruturais que inviabilizam determinadas ações. Com isso, é possível oferecer soluções alinhadas à realidade do negócio e que tem condições de serem colocadas em prática.

Orienta a gestão financeira

Vivemos tempos de crise, então fazer investimentos inteligentes é essencial para garantir a saúde financeira de qualquer empresa. O consultor oferece essa orientação, melhorando a gestão e diminuindo gargalos que resultam em economia. Mesmo que a escola conte com um analista financeiro, ter o olhar externo do consultor é importante para o reconhecimento de questões que passam despercebidas por quem participa do dia a dia da gestão.

Melhora a relações entre escola, colaborador e aluno

Com melhorias sendo implantadas em todos os setores da instituição, o ambiente como um todo torna-se favorável para a melhora das relações. Com alunos e colaboradores mais satisfeitos, a escola só tem a crescer e todos só tem a ganhar.

5 → Como escolher uma boa consultoria

Por fim, quais devem ser os detalhes devem ser levados em consideração na hora de escolher uma consultoria? Confira os principais:

Antes de tudo, pesquise

Encontrar bons profissionais exige dedicação e pesquisa, seja qual for o serviço buscado. Fazer essa seleção prévia é importante tanto para chegar até bons profissionais quanto para identificar aqueles que mais se alinham às necessidades da instituição.

O foco é um ponto-chave

Sua escolha deve levar em conta a expertise de mercado da empresa que oferece consultoria. A experiência no setor de educação é indispensável, assim como resultados positivos ligados a cases anteriores.

O custo final também importa

Além de buscar opções compatíveis com o investimento que a escola pode fazer, é preciso avaliar com atenção propostas com valores muito abaixo da média ou incompatíveis com o volume de trabalho proposto.

Busque a opinião de outros clientes da consultoria escolhida

A partir da avaliação de quem já passou pela consultoria é possível ter um parâmetro da qualidade do serviço prestado, os resultados obtidos e a satisfação com o processo como um todo.

Quer mais dicas sobre como investir na otimização de processos na sua instituição? Confira os artigos a seguir:

Tecnologia em sala de aula. Por onde começar?

Banco de questões para escolas: quais os benefícios?

Avaliação diagnóstica: utilize como ferramenta estratégica

Como o COC Floripa utiliza dados para melhorar a aprendizagem dos alunos

O setor da educação está passando por muitas transformações, uma delas, é a utilização de dados para tornar o acompanhamento pedagógico mais assertivo. Isso, não só ajuda os gestores a entender cada aluno individualmente, como também aumenta os índices de retenção e as chances de aprovação no vestibular.

Infelizmente, essa ainda não é a realidade para a maioria das instituições de ensino. Por isso, escolhemos a história o de um dos nossos parceiros mais antigos, o COC Floripa, para inspirar outros gestores, como você, a transformar a experiência de aprendizagem em suas escolas.

(mais…)

Tecnologia em sala de aula. Por onde começar?

Apesar de estar tão presente no nosso cotidiano, desde o acordar até o dormir, a implantação de tecnologia em sala de aula ainda não é uma tarefa fácil e exige bastante criatividade e jogo de cintura do professor, ainda mais porque nos dias de hoje as crianças chegam em sala de aula conectadas e dominando boa parte das ferramentas digitais.  Pensando neste cenário, trouxemos esse artigo com algumas dicas de por onde começar a explorar esse universo em sala.

Vem com a gente.

(mais…)

Banco de questões para escolas: quais os benefícios?

Arrisco dizer que todo coordenador, em algum momento da sua carreira,  já começou a organizar um banco de questões para sua escola. A grande questão é que, a maioria deles se perde em meio a tantas pastas e, aos poucos, vai deixando esse projeto tão importante de lado. 

Em outros casos, quando o banco é finalizado, seu acesso é difícil ou não é criada uma cultura entre os professores que, por esse motivo, continuam gastando horas buscando exercícios na internet. 

Mas, com a ajuda de inovações educacionais, como a Studos, é possível criar um banco de questões completo, organizado e de fácil acesso para otimizar os processos pedagógicos e melhorar a experiência de aprendizagem dos alunos. 

Nesse artigo, você vai entender os benefícios do banco de questões e como fazer isso utilizando a tecnologia a seu favor. 

banco de questões para escolas

O que é um banco de questões para escolas?

O banco de questões é onde a instituição de ensino reúne sua matéria-prima para provas, simulados e atividades complementares. Ele é fundamental para que professores tenham mais segurança na elaboração desses materiais e gastem menos tempo com atividades mecânicas, como a demorada busca por questões na internet. 

Existem dois tipos: 

Banco de questões interno: 

Ele é o grande ouro das instituições de ensino, que criam questões inéditas exclusivas para seus alunos. Nesse cenário, é importante que todos os professores tenham fácil acesso e possam importar seus conteúdos de forma simples e rápida. Assim, o banco fica sempre atualizado e completo.

Banco de questões externo: 

Diferente do anterior, esse banco reúne questões públicas, como as dos principais vestibulares do país. Isso não quer dizer que ele é menos importante, muito pelo contrário. 

Pense em quantos dos seus alunos já fizeram a prova do Enem. Você acha que eles teriam bons resultados se não estivessem familiarizados com o estilo e a intencionalidade do exame? Por isso, é mais do que necessário incorporar esse tipo de questão na rotina de estudos. 

Benefícios para Gestores, professores e alunos

Para Gestores

Gerenciar os conteúdos criados pela equipe docente é um grande desafio para gestores e coordenadores. Por isso, é fundamental que tudo seja documentado e compartilhado, inclusive as questões criadas dentro da instituição. O que torna mais simples a gestão do conhecimento da instituição de ensino como um todo. 

A Studos também oferece relatórios detalhados sobre o número de atividades, provas e simulados criados por cada professor. Além disso, é possível acompanhar de perto processos como a criação de simulados, estabelecer prazos e notificar professores sobre novas solicitações. 

Para professores 

Você sabia que, em média, um professor gasta 120 horas/ano criando provas? Nesse tempo, ele poderia estar orientando melhor os alunos, pensando em novas abordagens para suas aulas ou até mesmo criando atividades para desenvolver habilidades socioemocionais nos estudantes. 

Com a ajuda de um banco de questões é possível reduzir esse tempo para 20 minutos por atividade. Isso porque, ao invés de passar horas buscando exercícios, ele pode acessar os arquivos da escola e utilizar o filtro de questões para selecionar por disciplina, assunto, subassunto, tipo de questão, habilidades e competências.  

Para alunos

Quando falamos sobre banco de questões, normalmente, os benefícios para os alunos não são elencados. Já que, na maioria das vezes, essa é uma ferramenta exclusiva para que gestores e coordenadores organizem provas e simulados. Porém, ela também é muito eficaz para dar mais autonomia aos alunos e melhorar o desempenho individualmente. 

Por exemplo, com a Studos, o estudante acessa mais de 80 mil questões, dos principais vestibulares do país, no aplicativo e conta com o auxílio de uma inteligência artificial que mede seu desempenho e cria treinos específicos para ajudar na sua evolução.  

Assim, ele se sente mais preparado e vê o comprometimento da escola em ajudá-lo em todos os momentos.

Como criar uma prova com o banco de questões da Studos? 

Além das questões que seus professores podem importar em um espaço exclusivo para a sua instituição, na Studos, você vai encontrar 600 mil questões públicas para criar suas atividades, provas e simulados. 

Quer ver um tutorial rápido que vai te mostrar como é fácil e rápido criar provas e tarefas na Studos?

Conclusão

Sim, é um desafio para qualquer escola criar um banco de questões eficiente e que tenha um impacto positivo no dia a dia da instituição. Porém, tudo fica mais simples quando gestores e coordenadores utilizam soluções educacionais que facilitam esse processo. 

Como você pôde ver, com a Studos, é possível transformar a experiência de gestores, professores e alunos. Quer conhecer um pouco melhor a plataforma ou falar com um dos nossos especialistas pedagógicos para entender como podemos complementar o seu projeto pedagógico? Clique no banner e acesse o nosso site!  

banco de questões studos para escolas

Ebook: Como avaliar o desempenho dos alunos com a Studos

Como avaliar o desempenho dos seus alunos com a Studos

Você provavelmente já ouviu falar em business intelligence, ou BI, e como ele ajuda as empresas a tomarem decisões mais assertivas e planejar o futuro. Pode parecer um processo simples, mas coletar, analisar, organizar e compartilhar dados é um grande desafio para qualquer tipo de negócio, inclusive para instituições de ensino. 

Existem muitos passos e pessoas envolvidas nesse andamento, por isso, é comum que informações importantes não sejam incorporadas e estruturadas da maneira correta. Ou até mesmo, que elas não sejam comunicadas da melhor forma, o que diminui a efetividade de todo o trabalho anterior. 

É nesse contexto que o data scientist, profissional especialista com foco analítico que possibilita soluções para problemas complexos, está ganhando cada vez mais espaço. Porém, nem todas as organizações têm estrutura para montar uma equipe exclusiva com essa finalidade. 

A boa notícia é que nós ajudamos você a resolver essas objeções e otimizar a gestão escolar. A Studos é uma solução completa para escolas que integra e se adequa ao projeto pedagógico das instituições e ajuda gestores e coordenadores a construir a melhor experiência de aprendizagem baseada em dados gerados por alunos e professores. 

Nesse ebook gratuito, você vai entender todos os tipos de informações geradas pela Studos, ter insights sobre como analisá-las e conferir os resultados de algumas das nossas escolas parceiras que alcançaram seus objetivos com a nossa ferramenta educacional de análise de desempenho e aprendizagem. Preencha o formulário e acesse agora!


Processos pedagógicos: caso Pró Floripa

história de sucesso pró floripa

Muitos colégios e cursos pré-vestibulares estão buscando otimizar os seus processos pedagógicos para facilitar a vida dos professores e melhorar o ensino e aprendizagem dos alunos.

Essa mesma necessidade também surgiu no pré-vestibular Pró Floripa. Conforme o seu crescimento, foi preciso focar na otimização dos seus processos pedagógicos. Mas antes de falar quais eram os seus problemas e como eles conseguiram resolver, quero que você conheça o pré-vestibular.

(mais…)