Redação para escolas: texto dissertativo

O texto dissertativo, muito usado em provas de vestibulares, consiste em um gênero discursivo que reúne argumentos a partir de referências socioculturais informativas em defesa de um ponto de vista. Embora seus critérios corretivos/avaliativos possam variar de acordo com as exigências de cada universidade, sua funcionalidade, em geral, propõe-se a levar a opinião do autor. ENEM, FUVEST, UNESP, UNICAMP, UFSC e UDESC são alguns dos vestibulares que cobram dissertações. 

A temática, sugerida pela Studos, em parceria com o professor Everaldo Radlinski, sobre os significados da rotina no pulsar da vida humana se faz pertinente no contexto atual. Portanto, optamos por incutir uma reflexão acerca do cotidiano e seus costumes, relacionando-os à pandemia e ao “novo normal”.

No texto 1, o leitor encontra a ideia de normalidade, de tal modo que este dito “normal” o leva a questionar os padrões pré-estabelecidos. Embora a rotina organize a vida e dê estabilidade a ela, também sujeita o ser humano à apatia e/ou ao comodismo. Nesse sentido, a autora vincula o cotidiano a uma noção de sobrevivência, isto é, uma conduta conformativa aos modelos sociais vigentes, mas ligeiramente desgastante!

Já o texto 2 delineia os conceitos de trabalho e monotonia, difundindo mais uma vez a noção de sobrevivência. Ressalta-se, aqui, a divergência entre viver e sobreviver; enquanto o primeiro verbo enaltece o aproveitamento da vida em todas as suas nuances, o segundo carrega o sentido de, pura e simplesmente, manter-se vivo. Outrossim, é válido salientar que nem sempre se possui controle sobre essa rotina, uma vez que se vive em sociedade e há uma influência direta de terceiros na vida do indivíduo.

O texto 3, por sua vez, trabalha com elementos icônicos e com o campo imagético. A mensagem que a imagem transmite revela o caráter letárgico e, ao mesmo tempo, paradoxal. Ao passo que as pessoas acreditam no anúncio de normalidade estagnada, como se estivessem no estado de profunda inconsciência, próprio da letargia, os novos cenários de “normalidade” expropriam de seus direitos. Ademais, vislumbrar um avião passando com uma faixa já caracteriza um evento fora da realidade, o que torna a frase em si contraditória.

Por fim, no texto 4, é questionada a existência do contrato social pré-estabelecido que dita as regras da normalidade. Desse contexto de predefinição, pode-se refletir sobre o que seria o “novo normal”, bem como sobre o campo do futuro e sobre a vida pós-Covid. O excerto pode levantar, ainda, uma reflexão acerca do que era o “antigo normal”, permeado pelo consumismo desenfreado.

A crônica de Marina Colasanti suscita, sob um viés literário, uma discussão acerca dos hábitos que, de certa forma, organizam a vida e permeiam o cotidiano. Em contrapartida, o excerto sequencial, retirado do site Sociologia Líquida, leva o leitor, por meio de uma reportagem, ao questionamento por sobre a sociedade de consumo com seus pormenores. Já a charge de André Dahmer apresenta um cenário distópico por meio de um discurso publicitário, cível e trivial. E, por último, há uma reportagem que elucida a crítica contida na imagem.

Além da proposta e dos textos motivadores, este material abrange diversos exemplos de referencial sociocultural-informativo para dar suporte às produções textuais que serão feitas a partir dele. Os textos motivadores escolhidos dão abertura para que o aluno aborde a rotina enquanto comportamento, ou a rotina num contexto de pandemia. Salienta-se a importância de ler o material na íntegra e exercitar a escrita ao final.

Plus ao quadrado:

  1. Baixa – Ou Brainstorm – sobre o Comando da Proposta

Comando: os significados da rotina no pulsar da vida humana

significados rotina no pulsar da vida humana

sentidos dos hábitos sentir humana

alcances do rotineiro devir do homem

as acepções do repetitivo experienciar humanal

o entendimento da rotina pulsar dos homens

Arranjos possíveis a partir da chuva de ideias:

TEMA (eixo central do texto):

Os sentidos do rotineiro pulsar dos homens

RETOMADA DO TEMA (eixo central do texto):

O entendimento da rotina no pulsar humano

  1. Divisão de tema – Ou expectativas/abordagens possíveis

Quatro tópicos frasais possíveis a partir dos textos motivadores:

1.ª … escancara(m) a premência da ressignificação das relações.

2.ª … acentua(m) o enfrentamento ao marasmo das sobrevivências.

3.ª … absorve(m) o normal sem pensar na névoa cultural da letargia.

4.ª … conflita a vida ante seu desafio de reinventar-se.

Considere os excertos e as imagens abaixo, reflita e redija uma dissertação sobre os significados da rotina no pulsar da vida humana.

Texto 1

[…] A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E, aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E, aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E, não acreditando nas negociações de paz, aceita ler todo dia da guerra, dos números, da longa duração.

 […] A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se de faca e baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que, gasta de tanto acostumar, se perde de si mesma.

“Eu sei, mas não devia.” Marina Colasanti

Texto 2

Rotina e Monotonia

Como enfrentar e caminhar através dos dias

Sempre acabo perdendo o que eu realmente quero fazer quando me preocupo com o que eu possa estar perdendo por não fazer outra coisa, sabe?

Eu suspeito que isso é algo que muitos fazemos – esforçamo-nos para fazer coisas que não achamos atraentes porque achamos que deveríamos. Eu entendo que, às vezes, precisamos fazer coisas de que não gostamos se elas forem parte de um processo maior com o qual nos comprometemos — como uma necessária rotina de trabalho.

[Adaptado] https://sociologialiquida.com.br/thiago-queiroz-5-dicas-para-fugir-da-monotonia-e-enfrentar-rotina/

Texto 3

Malvados. André Dahmer, 2020.

Texto 4

[…] Não tem como existir um único normal. Logo, não existe um novo (único) normal. Afinal o que é normal para mim pode não ser normal para você, e vice-versa. Além disso, quem disse que o antigo normal era “normal?!

Da mesma forma, não vai existir uma única vida pós-covid, único novo futuro, já que existem diversos presentes. Não vai existir um (único) novo comportamento de consumo, porque existem diversos tipos de consumidor – tem pessoas que vão sair comprando loucamente e pessoas que vão passar a comprar menos (porque não querem, porque estão desempregadas, ou porque não tem dinheiro, porque morreram…). E hoje não temos como saber.

https://www.cartacapital.com.br/opiniao/o-novo-normal-e-uma-bobagem-vamos-encarar-a-vida-com-coronavirus/

Referencial sociocultural-informativo – Método Radlinski

Argumento por fato exemplo

redação para escolas

https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/corona-insonia-mudanca-de-rotina-causada-pela-pandemia-incertezas-afetam-qualidade-do-sono-24863640.html

Argumento por fato exemplo

https://g1.globo.com/fique-em-casa/noticia/2020/03/30/home-office-ter-rotina-prioridades-e-isolar-o-celular-sao-receita-para-render-e-nao-perder-tempo.ghtml

Argumento por raciocínio lógico e por fato exemplo 

redação para escolas

https://istoe.com.br/a-rotina-na-pandemia/

Argumento por autoridade

Home office foi adotado por 46% das empresas durante a pandemia

Segundo pesquisa, 67% tiveram dificuldades no início do teletrabalho

O trabalho em casa foi estratégia adotada por 46% das empresas durante a pandemia, segundo a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise covid-19. O estudo elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA) coletou, em abril, dados de 139 pequenas, médias e grandes empresas que atuam em todo o Brasil.

https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-07/home-office-foi-adotado-por-46-das-empresas-durante-pandemia

Argumento por autoridade

Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito.

Aristóteles

Argumento por ilustração

Desconfiai do mais trivial, 

na aparência singelo.

E examinai, sobretudo, o que parece habitual.

Suplicamos expressamente: 

não aceiteis o que é de hábito 

como coisa natural, 

pois em tempo de desordem sangrenta, 

de confusão organizada, 

de arbitrariedade consciente, 

de humanidade desumanizada, 

nada deve parecer natural 

nada deve parecer impossível de mudar.

Antologia Poética, Bertolt Brecht

Argumento por ilustração

Escrevo porque sou um desesperado e estou cansado, não suporto mais a rotina de me ser e se não fosse a sempre novidade que é escrever, eu me morreria simbolicamente todos os dias. Mas preparado estou para sair discretamente pela saída da porta dos fundos. Experimentei quase tudo, inclusive a paixão e o seu desespero. E agora só quereria ter o que eu tivesse sido e não fui.

Clarice Lispector

Argumento por ilustração

Condenamos a rotina. Culpamos a rotina. Apedrejamos a rotina. Mas a rotina é para ser o que mais amamos, a ponto de nunca cansarmos de repetir.

Fabrício Carpinejar, poeta e cronista

Argumento por ilustração

A maior riqueza do homem

é a sua incompletude.

Nesse ponto sou abastado.

Palavras que me aceitam como

sou – eu não aceito.

Não aguento ser apenas um

sujeito que abre

portas, que puxa válvulas,

que olha o relógio, que

compra pão às 6 horas da tarde,

que vai lá fora,

que aponta lápis,

que vê a uva etc. etc.

Perdoai

Mas eu preciso ser Outros.

Eu penso renovar o homem

usando borboletas.

Manoel de Barros

Confira outras propostas de redação para trabalhar na escola:

Comunicação humana e a cultura do cancelamento

Os desafios da nova educação diante da formação de professores no Brasil

Texto dissertativo: da argumentação ao tema de redação

O texto dissertativo, muito usado em provas de vestibulares, se constitui em um gênero discursivo que reúne argumentos a partir de referências socioculturais informativas em defesa de um ponto de vista. Embora seus critérios corretivos/avaliativos possam variar de acordo com as exigências de cada universidade, sua funcionalidade, em geral, consiste em levar a opinião do autor. FUVEST, UNESP, UNICAMP, UFSC e UDESC são algumas das universidades que cobram dissertações em seus vestibulares. 

A temática sugerida pela Studos, em parceria com o professor Everaldo Radlinski, sobre a interação do humano e o linchamento virtual tomou conta das redes nas últimas semanas. À vista disso, decidimos suscitar uma reflexão acerca do diálogo humano e de seus cancelamentos, relacionando-os à importância da comunicação humana. 

No texto 1, está impressa a ideia de troca de informações e harmonia, uma vez que os galos só conseguem tecer a manhã porque há consonância em seus cantos. Ou seja, o poema agrega a noção de similitude, indo de encontro a uma representação do instinto, presente no animal enquanto ser irracional.

Já o texto 2 enaltece o contato, quase que onipresente, das comunicações virtuais; em contrapartida, expõe a perda das relações de tato, tal qual um cardápio humano por que se escolhe a pessoa, o assunto, o tempo, o desejo e o interesse. Esse pensamento do sociólogo Bauman denota o aceitar de um lado e o descartar de outro, como se as relações humanas tivessem/portassem/fossem obsolescência programada.

De acordo com o texto 3, a cultura do cancelamento pode ser definida como um Tribunal da Internet, em que se julga a partir do senso comum a dignidade humana, ora por mera plateia ante o espetáculo, ora pela tirania da crença em suas próprias ideologias. Esse modo de julgamento social estanca o fluxo das comunicações humanas com/como um muro invisível de cinco metros cheio de espinhos: um disruptivo preconceituoso!

E, com fartos comentários maldosos, a motivação do texto 4 abraça o leitor e o envolve com vários discursos de pré-julgamentos diante do comportamento do médico Dráuzio Varella em seu abraço a uma trans condenada por homicídio e estupro para com uma criança. Assim, os paladinos da moral hipócrita alimentam o espaço democrático com os seus jugos, com as suas cangas, disfarçados sob a pele de opiniões éticas, livres e isentas. 

Enquanto o poema de João Cabral de Melo Neto incorpora uma abordagem metalinguística e versa sobre a comunicação humana por meio da licença poética, o excerto de Bauman alude ao mesmo assunto sob o prisma da sociologia. A conceituação apresentada no texto sequencial, por sua vez, representa o que ocorre quando há um cancelamento na troca de informações própria da comunicação e, logo abaixo, essa ruptura é ilustrada.

Além da proposta e dos textos motivadores, este material abrange diversos exemplos de referencial sociocultural-informativo para dar suporte às produções textuais que serão feitas a partir dele, bem como uma grade universal de critérios avaliativos. A amplitude do tema escolhido abre precedente para que o aluno siga diferentes perspectivas, isto é, com enfoque na comunicação ou no cancelamento. Salienta-se a importância de ler o material na íntegra e exercitar a escrita ao final.

MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → Textos motivadores

2 → Entendendo o comando da proposta

3 → Referência sociocultural-informativa

1 → Textos motivadores

Considere os excertos e a imagem abaixo e redija um texto dissertativo sobre a comunicação humana e a cultura do cancelamento. Assuma uma posição sobre o tema e defenda-a com argumentos consistentes.

Texto 1:

Tecendo a Manhã

Um galo sozinho não tece uma manhã:

ele precisará sempre de outros galos.

De um que apanhe esse grito que ele

e o lance a outro; de um outro galo

que apanhe o grito de um galo antes

e o lance a outro; e de outros galos

que com muitos outros galos se cruzem

os fios de sol de seus gritos de galo,

para que a manhã, desde uma teia tênue,

se vá tecendo, entre todos os galos.

E se encorpando em tela, entre todos,

se erguendo tenda, onde entrem todos,

se entretendendo para todos, no toldo

(a manhã) que plana livre de armação.

A manhã, toldo de um tecido tão aéreo

que, tecido, se eleva por si: luz balão.

Referência

Texto 2:

Texto 3:

Os antigos costumes do mundo se desconstroem em longos e dolorosos passos. O racismo passa a ser menos tolerado, piadas sobre os hábitos antigos dados às mulheres já não têm mais graça e o bullying online enfrenta o crivo analítico de diversas redes sociais. Porém, o mundo, essencialmente na internet, agora se encontra em busca da perfeição.

Há quem faça comentários desnecessários na internet propositalmente, seja para chamar a atenção ou por querer manifestar seus pensamentos, e também há quem seja contra a ideia de desconstrução social e tem dentro de si ideais enjaulados que parecem nunca ter acesso à modernização. Em ambos os casos, a internet se tornou uma grande justiceira e uma nova forma de justiça social surgiu: a cultura do cancelamento.

[Adaptado com alterações] https://canaltech.com.br/comportamento/o-que-e-cultura-do-cancelamento-164153/

Texto 4:

texto dissertativo

Interface gráfica do usuário, Texto, AplicativoDescrição gerada automaticamente

2 → Entendendo o comando da proposta

Plus ao quadrado:

1. Baixa – Ou Brainstorm – sobre o Comando da Proposta

Comando: A comunicação humana e a cultura do cancelamento

Arranjos possíveis a partir da chuva de ideias:

TEMA (eixo central do texto):

A comunicação dos homens e o discurso do isolamento

RETOMADA DO TEMA (eixo central do texto):

O comunicar-se humano e o cultivo do prejulgamento

 2. Divisão de tema – Ou expectativas/abordagens possíveis

Quatro tópicos frasais possíveis a partir dos textos motivadores:

1.ª … escancaram a “cantiga” incoerente dos discursos canceladores.

2.ª … acentuam o carimbo do interesse egoísta e desumano das conversas.

3.ª … protagonizam a tragicomédia da ignorância travestida de “justiça”.

4.ª … arvoram a supremacia dos “juízes do cotidiano” em suas ideias.

3 → Referência sociocultural-informativa – Método Radlinski

Argumento por fato exemplo:

Woody Allen lamenta sofrer cancelamento e diz que gostaria de rever os filhos

texto dissertativo

https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2021/02/woody-allen-85-afirma-que-gostaria-de-reencontrar-os-filhos.shtml

Argumento por fato exemplo:

J.K. Rowling: autora de ‘Harry Potter’ foi de fada sensata a cancelada

Matéria completa: UOL

Argumento por fato exemplo:

De favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão do BBB 21 (Big Brother Brasil), a rapper Karol Conká acumula cancelamentos e pode ter prejuízo de até R$ 5 milhões, considerando perdas com publicidade no Instagram, shows e programas de TV. Os cálculos são da Brunch, agência especializada em influência digital.

A agência levou em consideração três aspectos para chegar ao preço de uma publicidade nas redes sociais do criador: custos de produção, uso de imagem e distribuição.

Matéria completa: Istoe Dinheiro

Argumento por ilustração fictícia:

Às vezes, quando duas pessoas estão juntas, apesar de falarem, o que elas comunicam silenciosamente uma à outra é o sentimento de solidão.

Clarice Lispector, ….

Argumento por ilustração fictícia:

A palavra exata é um pequeno diamante. Embeleza tudo: o convívio, o poema, o amor. Quando a palavra não tem serventia alguma, o silêncio mantém-se no posto daquele que melhor fala por nós.

Martha Medeiros, 2011.

Argumento por autoridade:

Já não nos apreciamos suficientemente quando nos comunicamos. As nossas experiências genuínas de nenhum modo são loquazes. Não poderiam, ainda que quisessem, comunicar-se, porque lhes falta a palavra. […] Em todo o falar há um grão de desprezo.

Friedrich Nietzsche, 1988.

Argumento por autoridade:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

[…]

IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

V – é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

[…]

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.

Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

Argumento por autoridade:

texto dissertativo

https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/especial-publicitario/new-saude-leader/guia-do-plano-de-saude/noticia/2020/08/24/cultura-do-cancelamento-psicologia-explica-tudo.ghtml

Argumento histórico:

A intolerância sempre existiu ou é um fenômeno recente?

A dificuldade em aceitar o diferente não é um fenômeno apenas da nossa época. Não precisamos ir muito longe, basta lembrar que em nosso processo de “colonização” as diferenças entre as populações que aqui viviam e os europeus foram motivos de violência e perseguições. Em seguida, a crença da superioridade racial dos colonizadores foi o que motivou a escravidão dos negros, que durou quase 4 séculos.

Confira outros conteúdos sobre redação:

Desenvolvimento da redação ENEM

Introdução da prova de redação ENEM

Como começar uma redação ENEM

#6 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

Concluindo a série de seis publicações sobre propostas de redação para o ENEM 2020, a Studos, em parceria com o professor Everaldo Radlinski, elaborou mais um possível tema para você. Assim como os demais, este material foi elaborado segundo o método Radlinski. O sexto e último tema escolhido é  “os desafios da nova educação diante da formação de professores no Brasil”.

A temática, sugerida pela Studos, sobre os desafios da nova educação, em tempos de pandemia, relata as mudanças que o ensino tem sofrido  no Texto 01, ratificadas nas imagens elencadas no Textos 02 e 03. Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, fez-se necessário pensar formas remotas de docência, inovando estratégias educacionais e fazendo uso de materiais alternativos (Texto 04).  Portanto, esse tema cai bem para um treinamento focado, valioso e com expectativa de cobrança, visto que tem sido um grande contratempo para as escolas e para o Estado na atualidade.

Como de costume, apresentamos a proposta, os textos motivadores e o repertório sociocultural. O referido repertório conta com três argumentos por autoridade que podem ser aplicados nos desenvolvimentos 01 ou 02, um argumento por autoridade com uso sugerido para o desenvolvimento 01 e, por fim, um argumento por ilustração real com uso sugerido também para o desenvolvimento 01. Entre os argumentos, encontram-se imagens, notícias e manchetes. Se bem aproveitados, os referidos argumentos podem ser ligeiramente enriquecedores para a sua produção.

Lembre-se de exercitar a escrita ao finalizar a leitura do material!

MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → PROPOSTA ENEM

2 → Instruções

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

1 → PROPOSTA ENEM

Texto I

De repente, tudo se transformou naquele lugar. Aliás, o lugar virou plural. O quadro de anotações ganhou a forma de uma tela de computador, de tablet, de celulares, de televisão. As cadeiras não estão mais uma ao lado da outra. São as letras dos nomes dos alunos, fotos ou vídeos em ambiente de casa que se enfileiram em um espaço virtual. O caderno misturado ao mouse, ao estojo, à bateria que não pode descarregar. Em cenários privilegiados ou nos lugares de profundas desigualdades, a pandemia do coronavírus transformou a relação de ensino e aprendizagem em todo o mundo.  Neste Dia Internacional da Educação (28 de abril), professores e alunos veem-se em um dos principais desafios: ter que se reinventar. 

A professora Alice Esteves, diretora de uma escola em Resende, no Rio de Janeiro, contextualiza que se trata de uma novidade o fato de todas as aulas precisarem ser adaptadas e irem para dentro das casas. Ela explica que já havia uma transformação em curso para os professores se posicionarem como verdadeiros youtubers que, para se aproximar dos estudantes, faziam vídeos e transmissões ao vivo para ajudar no entendimento das disciplinas. “Nós estamos passando por muitas mudanças que têm acontecido nas escolas e no mundo virtual”. Ela salienta que essas relações de professores, alunos e famílias estabelecem outros laços entre todas as partes. 

https://memoria.ebc.com.br/educacao/2020/04/dia-da-educacao-especialistas-explicam-desafios-do-ensino-durante-e-pos-pandemia

Texto II

Criança no computador 2

https://memoria.ebc.com.br/educacao/2020/04/dia-da-educacao-especialistas-explicam-desafios-do-ensino-durante-e-pos-pandemia

Texto III

Aula online (Foto: GettyImages)

https://revistapegn.globo.com/apoie-o-negocio-local/noticia/2020/04/coronavirus-com-aulas-online-escolas-de-idiomas-driblam-evasao-e-conquistam-novos-alunos.html

Texto IV

https://www.fcc.org.br/fcc/educacao-pesquisa/educacao-escolar-em-tempos-de-pandemia-informe-n-1

Com base na leitura dos textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema os desafios da nova educação e a formação de professores no Brasil, apresentando proposta de intervenção sociocultural, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

2 → Instruções

1. Leia e observe atentamente a proposta. 
2. Evite copiar trechos dos textos apresentados. 
3. Ocupe as linhas de uma margem até a outra e observe o espaçamento adequado entre as palavras. 
4. Não escreva em versos, use linguagem clara e utilize a norma culta da língua portuguesa. 
5. Não se esqueça de dar um título à sua redação (facultativo na opção ENEM). 
6. Use caneta com tinta preta ou azul para transcrever seu texto do rascunho para a folha oficial de redação. 
7. Escreva com letra legível. 
8. Não serão corrigidas redações escritas a lápis nem redações na folha de rascunho, ou ainda, ilegíveis, ou as linhas escritas no verso ou fora do máximo permitido. 
9. Mínimo de 07 (sete) linhas ENEM e máximo de 30. 

10. Será atribuído zero à redação com fuga total do tema ou resultante de plágio, ou ainda, desobediência à estrutura dissertativo-argumentativa, impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte de texto desconectada do tema.

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01 ou 02

Argumento por autoridade:

“As novas tecnologias ajudam no aprendizado a partir do momento em que o professor se apropria desse conhecimento”, avalia Diego Trujillo, professor de inglês e coordenador de tecnologia no Colégio Ítalo. “Mas vejo que a formação ainda é carente. Há um desejo do professor de aprender, mas ele não sabe para onde ou como ir.”

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01 ou 02

Argumento por autoridade:

enem 2020

Os números demonstram que a formação é mesmo um dos grandes desafios no que diz respeito ao uso da tecnologia. De acordo com a pesquisa TIC Educação 2016, do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), 54% dos professores não cursaram na graduação disciplina específica sobre como usar computador e internet em atividades com os alunos. Além disso, 70% não realizaram formação continuada sobre o tema no ano anterior ao levantamento. Dos que realizaram, 20% afirmaram que a capacitação “contribuiu muito” para a atualização na área.

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01 ou 02

Argumento por autoridade:

enem 2020

Já é consenso que a chegada da Era Digital na Educação traz perspectivas inéditas para o processo de ensino-aprendizado. Porém, um recente relatório da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostrou que o desafio de inovar e de incorporar novas ferramentas para o ensino vai além da infraestrutura e carece de uma total revisão dos modelos pedagógicos. Ou seja, para que a inteligência artifical cause real impacto na educação é preciso muita inteligência humana para criar as conexões que darão sentidos práticos aos conteúdos aprendidos com auxílio da tecnologia seja na escola ou fora dela. E é justamente neste ponto que o papel do professor, muitas vezes desacreditado no contexto da Era Digital, se torna imprescindível. “Os docentes precisam ser os protagonistas dessa mudança e não apenas implantadores de softwares. Se isso não acontecer, colocar a tecnologia na frente dos alunos não vai fazer muita diferença”, diz o diretor da divisão de educação da OCDE, Andreas Schleicher.

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Argumento por autoridade:

De acordo com o relatório do Banco Mundial, mais de 1,5 bilhões de alunos ficaram sem estudos presenciais em 160 países. 

Com esse cenário, muitos gestores escolares tiveram que buscar saídas emergenciais para continuar as atividades. Principalmente, com o auxílio de suportes remotos de ensino e a introdução de novas metodologias, apoiadas em tecnologias digitais.

Afinal, de uma hora para outra, as aulas presenciais foram substituídas para a modalidade de ensino a distância (EAD). Obrigando professores e alunos a um aprendizado rápido de novas tecnologias de comunicação e informação (TICs).

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Argumento por ilustração real

enem 2020

https://gauchazh.clicrbs.com.br/educacao-e-emprego/noticia/2020/08/sem-internet-em-casa-familia-constroi-tenda-no-meio-da-lavoura-para-filho-assistir-a-aulas-online-cke8qh9fb008a013gd3oi2yy1.html

Confira outros possíveis temas para a redação do Enem 2020:

#3 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

#2 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

#1 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

Texto dissertativo

Proposta de redação para o Enem com textos motivadores

Dando prosseguimento às publicações sobre possíveis temas de redação para o ENEM 2020, a Studos, em parceria com o professor Everaldo Radlinski, elaborou mais uma proposta para você. Assim como os demais, este material foi elaborado segundo o método Radlinski e conta com textos motivadores e referências socioculturais. O quinto e penúltimo tema escolhido é “os desafios da convivência familiar em tempos de pandemia”.

A temática, sugerida pela Studos, sobre os desafios da convivência familiar, em tempos de pandemia, expõe o papel da família tradicional com seus valores e crenças no Texto 01, contraposto às funcionalidades da família plural elencadas no Texto 02. Com o advento da pandemia, os ingredientes do grupo familiar, agora isolado, revelam o valor da resiliência e da solidariedade (Texto 03), ainda que o término, a ruptura e a mudança dos arranjos familiares aconteçam – somente o diálogo poderá reestruturá-las. Portanto, esse tema cai bem para um treinamento focado, valioso e com expectativa de cobrança, uma vez que a bandeira da família tradicional figura no caráter político-ideológico do Governo Federal. 

Anexo à proposta e aos textos motivadores, mais uma vez, trouxemos um repertório sociocultural para enriquecer sua produção. O repertório contém pesquisas, notícias, manchetes e imagens.  As informações estão divididas entre sugestões para o desenvolvimento 01 e, em sequência, para o desenvolvimento 02.

Não esqueça de exercitar a escrita ao finalizar a leitura do material!

MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → PROPOSTA ENEM

2 → Instruções

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

1 → PROPOSTA ENEM

Texto 1

Como é que é o tipo de família tradicional

http://obviousmag.org/lambida_casual/Fam%C3%ADlia%20tradicional.jpg

A família tradicional é a mais divulgada pelos principais emissores e atores sociais, dos seus valores que tem mais hegemonia na sociedade. Esta família é feita por pai e mãe heterossexuais, casados na igreja católica, com filhos e em que os papéis estão bem definidos.

As características da família tradicional ou clássica foram preservadas por muitos anos, a partir do século XIX e dominou a sociedade ocidental, até média dos anos 80 do século XX. A família tradicional pode ser descrita como se segue:

  • Bem definidos papeis e funções.
  • Pais heterossexuais.
  • O pai como chefe ou cabeça da família.
  • O pai é o principal provedor do sustento da família.
  • A mãe com um papel definido de cuidar dos filhos e manter a casa, não trabalha fora de casa.
  • Criação e manutenção de casamentos de acordo com regras ou diretrizes católicas.

Estas são as principais características da família tradicional ou clássica. No entanto, podemos dizer que, hoje, esse modelo de família não é o mais hegemônico, porque tem havido muitas mudanças sociais que mudaram a família em maneiras diferentes.

Características da família tradicional: artigo completo

Texto 2

A regra é não ter regra

temas redação enem 2020

Seu pai trabalha fora, sua mãe fica em casa cuidando dos quatro filhos e seus irmãos, quando terminam os estudos, casam-se e saem de casa? Se a resposta for afirmativa, saiba que sua família está prestes a virar peça de museu. Nos últimos 30 anos, o modelo tradicional de família sofreu profundas alterações. Crianças acostumaram-se a ter duas casas por causa do divórcio dos pais. Mães e pais solteiros começaram a tornar-se comuns. Mulheres entraram no mercado de trabalho e passaram a sustentar suas casas. Casais homossexuais saíram do armário e adotaram filhos… Nos próximos 20 anos, segundo vários pesquisadores, a tendência é que esses novos modelos familiares se consolidem. Todos eles.

Isso quer dizer que não vai existir uma “família-modelo” como a de nossos pais ou avós. No começo do século passado, as famílias eram quase sempre iguais. O núcleo era patriarcal: o pai fazia as vezes de “homem da família”, trabalhava fora e era o único responsável pelo sustento da mulher e dos vários filhos. À mãe cabia o papel de educadora dos filhos e “rainha do lar”. Ela cuidava da limpeza da casa, do preparo das refeições, da educação das crianças. Os filhos cresciam, estudavam e saíam de casa assim que arrumavam o primeiro emprego – para casar-se e começar a mesma história tudo de novo. […] 

Artigo completo: Abril

Texto 3

Um novo tempo da família revisitada ao ultrapasse da pandemia

Apoios mútuos na experiência de adversidades temporárias, a adaptação aos acontecimentos supervenientes por afetação dos resultados da pandemia, o reequilíbrio de recursos e das necessidades familiares, as intervenções morais e afetivas, contribuirão por este referido princípio, sob a égide da solidariedade, à formação da “família resiliente” ou da “família corresponsável”, que surgirá no novo tempo real.

Artigo completo: Conjur

Texto 4

temas redação enem 2020

https://www.jdv.com.br/Colunas/A-Pandemia-e-seus-Impactos-no-Direito-de-Familia

temas redação enem 2020

https://www.sc.gov.br/noticias/temas/coronavirus/coronavirus-em-sc-secretaria-da-educacao-divulga-caderno-com-sugestao-de-atividades-para-toda-a-familia-durante-a-pandemia

Com base nos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema os desafios da convivência familiar em tempos de pandemia, apresentando proposta de intervenção sociocultural, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

2 → Instruções

1. Leia e observe atentamente a proposta. 
2. Evite copiar trechos dos textos apresentados. 
3. Ocupe as linhas de uma margem até a outra e observe o espaçamento adequado entre as palavras. 
4. Não escreva em versos, use linguagem clara e utilize a norma culta da língua portuguesa. 
5. Não se esqueça de dar um título à sua redação (facultativo na opção ENEM). 
6. Use caneta com tinta preta ou azul para transcrever seu texto do rascunho para a folha oficial de redação. 
7. Escreva com letra legível. 
8. Não serão corrigidas redações escritas a lápis nem redações na folha de rascunho, ou ainda, ilegíveis, ou as linhas escritas no verso ou fora do máximo permitido. 
9. Mínimo de 07 (sete) linhas ENEM e máximo de 30. 

10. Será atribuído zero à redação com fuga total do tema ou resultante de plágio, ou ainda, desobediência à estrutura dissertativo-argumentativa, impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte de texto desconectada do tema.

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

O valor da família na sociedade brasileira

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Adultério, no dicionário, significa infidelidade conjugal, relacionamento fora do matrimônio (Minidicionário Luft).

No Brasil, o adultério somente deixou de ser crime no tardio ano de 2005.

Assim estabelecia o Código Penal, antes da mudança:

Art. 240 – Cometer adultério:

Pena – detenção, de 15 (quinze) dias a 6 (seis) meses.

§ 1º – Incorre na mesma pena o co-réu.

§ 2º – A ação penal somente pode ser intentada pelo cônjuge ofendido, e dentro de 1 (um) mês após o conhecimento do fato.

https://canalcienciascriminais.jusbrasil.com.br/artigos/625021487/o-crime-de-adulterio-o-direito-e-a-moral

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Filho mata o pai com marteladas na Grande Curitiba

O mecânico industrial aposentado Claudionor Cosme Gonçalves, que faria 65 anos nesta segunda-feira (15), foi morto com golpes de martelo pelo próprio filho, Claudinei Cardozo Gonçalves, 30 anos. O crime ocorreu na casa da família, na Rua Joaquim Celestino Ferreira, no Jardim Esmeralda, em Campo Largo, na hora do almoço deste domingo (14/07/19).

https://www.tribunapr.com.br/noticias/seguranca/filho-mata-o-pai-com-marteladas-na-grande-curitiba/

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Giselma Campos foi presa em Pontal do Araguaia

redação enem

http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2016/10/condenada-por-mandar-matar-diretor-executivo-da-friboi-e-presa-em-mt.html

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Condenada por mandar matar diretor-executivo da Friboi é presa em MT

Humberto Magalhães – assassinado a tiros em dez/2008.

Emboscada
No dia do assassinato, um dos homens contratados por Kairo usou o celular do filho mais novo de Humberto para atrair a vítima. O aparelho foi entregue por Giselma. O pistoleiro ligou para o executivo dizendo que o rapaz estava passando mal no meio da rua.

O pai do jovem saiu de casa e foi até o local indicado pelo assassino, no bairro Vila Leopoldina, mas não encontrou o filho. Quando voltava para o carro, um motoqueiro se aproximou e atirou duas vezes contra o empresário, após rápida discussão entre eles. Humberto morreu antes de receber socorro médico.

http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2016/10/condenada-por-mandar-matar-diretor-executivo-da-friboi-e-presa-em-mt.html

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Em suma: A família resiliente tem altos padrões de flexibilidade, vínculo familiar e sentido de coesão entre os seus membros. Aspetos como a transcendência e carga espiritual da família também colaboram com a sua transformação e crescimento frente à adversidade.
A coesão familiar aparece como um factor relevante na resiliência. Famílias coesas possuem valores, objetivos, prioridades, expectativas e visão de mundo definidos. Quando a família resiliente se confronta com uma situação de doença / stress tenta conseguir colaboração e procura de informação necessária tendo sempre como objetivo último o tratamento da mesma.

Sugestão de informação: Desenvolvimento 02

referência redação enem
redação enem: convivência familiar

Sugestão de informação: Desenvolvimento 02

Simone & Simaria relembram infância humilde na Bahia: “Moramos em barraco de lona”

“A gente nasceu em uma família muito pobre. Meu pai tinha o sonho de dar uma vida melhor para nossa família e foi para o Mato Grosso, onde tinha um garimpo. Na cabeça dele, ele achava que ia encontrar uma pedra de diamante… Era um sofrimento porque passávamos seis dias de ônibus, era muito longe.”, lembrou Simaria, que não conteve as lagrimas ao falar da morte de Seu Antônio.

redação enem

Notícia Completa: Globo

Sugestão de informação: Desenvolvimento 02

A resiliência é necessária hoje mais do que nunca

Por volta de 2000, entramos em uma nova era, que está introduzindo transformações mais frequentes e voláteis em indústrias, sociedades, empresas e famílias. É comum descrever o ambiente de hoje, emprestando do jargão militar, como VUCA: Volátil, Incerto (Uncertain), Complexo e Ambíguo.

As rápidas evoluções tecnológicas, juntamente com o aumento da globalização, mudaram a forma como comércio é feito. As indústrias estão mudando, amadurecendo e desaparecendo muito mais rapidamente. A sociedade está passando por alterações como aumento da diversidade, aumento da transparência, maior conexão digital e mais rupturas políticas e tensões sociais. Os avanços científicos estão aumentando a expectativa de vida humana e mudando as antigas limitações genéticas. As próprias famílias empresárias estão se transformando, se tornando mais diversas, mais dispersas geograficamente, mais internacionais e mais igualitárias. Os Millennials estão mudando a maneira como fazemos negócios, cuidamos do mundo e conduzimos nossas vidas. Adicione a isso o fato de que sociedade e empresas e famílias precisam lidar com disrupções periódicas e generalizadas, como a trágica pandemia da Covid-19.

Nessas condições, as empresas devem inovar constantemente, agir de modo disruptivo e ampliar a diversificação para se manterem vivas. As famílias por trás dessas empresas devem ser inovadoras, ágeis e resistentes.

Famílias e empresas resilientes que passarem pela crise do Coronavírus precisarão se preparar para as próximas disrupções, porque elas certamente chegarão. As empresas ouviram essa advertência por pelo menos uma década e, aquelas mais vanguardistas estão avaliando como podem se tornar mais resilientes e à prova de disrupções. Atualmente, boa parte do meu trabalho é ajudar empresas familiares, family offices e suas famílias acionistas se tornarem melhor preparados para esta nova era, incluindo ficando mais resiliente.

Confira outros conteúdos sobre o Enem:

Desenvolvimento da redação ENEM

Introdução da prova de redação ENEM

Como começar uma redação ENEM

#4 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

Em continuidade às publicações sobre temas de redação para o ENEM 2020, a Studos, em parceria com o professor Everaldo Radlinski, elaborou mais um possível tema para você. Outrossim, este material foi elaborado segundo o método Radlinski. O quarto tema escolhido é  “enfrentamento ao alto índice de gravidez precoce”

A proposta temática de gravidez na adolescência se faz pertinente devido à implementação da Lei nº 13.798, de 3 de janeiro de 2019, que instituiu a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, com a intenção de reduzir a incidência de casos. Sabe-se que a gravidez precoce é um problema social e de saúde pública, tendo em vista que foi classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma gestação de risco. As pesquisas apontam para um alto índice de jovens entre 15 e 19 anos grávidas, o que é considerado uma ameaça à infância e à adolescência.

Para elucidar o assunto, trouxemos a proposta, textos motivadores ricos em dados e exemplos de repertório sociocultural. O repertório contém pesquisas, notícias, manchetes e imagens.  Visando a um melhor resultado, procure sempre relacionar o repertório sociocultural ao tema proposto. 

Lembre-se de realizar o exercício da escrita ao finalizar a leitura do material!

MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → PROPOSTA ENEM

2 → Instruções

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

1 → PROPOSTA ENEM

Texto 1

LEI Nº 13.798, DE 3 DE JANEIRO DE 2019.

Art. 8º-A. Fica instituída a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, a ser realizada anualmente na semana que incluir o dia 1º de fevereiro, com o objetivo de disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas que contribuam para a redução da incidência da gravidez na adolescência.”

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/lei/L13798.htm

Texto 2

Alunos de escola de Blumenau simularam por uma semana a experiência de cuidados com uma criança

possível tema de redação do enem 2020: gravidez precoce

(17/05/17) Com olheiras no rosto e braços cansados, os 16 alunos do oitavo ano da Escola Adventista de Blumenau encerraram ontem a aventura de cuidar, acalmar, alimentar e trocar a fralda de uma criança de cinco quilos. Não foram apenas noites mal dormidas e o peso da responsabilidade que os alunos guardarão na memória com o projeto Bebê de Arroz — que nasceu em Curitiba (PR) —, mas também o aprendizado de quem simulou as consequências de uma gravidez precoce e a importância dos pais no cuidado dos filhos.

O experimento de levar para lá e para cá um saco de arroz de cinco quilos serviu para que a turma aprendesse sobre os cuidados necessários durante os primeiros meses de uma criança. Além de administrar o orçamento familiar, puderam aprender sobre as vacinas necessárias para a faixa etária, o registro de nascimento do bebê e o abandono de menor — lição aprendida depois que eles deixaram os bebês na sala de aula enquanto foram para a Educação Física.

https://www.nsctotal.com.br/noticias/alunos-de-escola-de-blumenau-simularam-por-uma-semana-a-experiencia-de-cuidados-com-uma

Texto 3 

(11/10/20) O Brasil exibe índices lamentáveis relativos à gestação de adolescentes. Segundo dados preliminares do Sinasc (Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos), cerca de 15% do total de nascidos vivos no Brasil em 2019 eram filhos de jovens com idade até 19 anos. O percentual corresponde a 418.883 crianças. De acordo com o Fundo de População das Nações Unidas, 53 a cada 1 mil meninas brasileiras se tornam mães enquanto têm entre 15 e 19 anos. O número é bem mais alto da média mundial, de 41 a cada 1 mil meninas.

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/10/11/15-dos-nascidos-em-2019-no-brasil-eram-filhos-de-jovens-com-ate-19-anos.htm

Texto 4

C:\Users\Client\Desktop\9d91af4a-dbba-40ad-acf6-b380c22e6fc5.jpeg

https://www12.senado.leg.br/noticias/especiais/especial-cidadania/gravidez-precoce-ainda-e-alta-mostram-dados

Com base na leitura dos textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema enfrentamento ao alto índice de gravidez precoce, apresentando proposta de intervenção sociocultural, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

2 → Instruções

1. Leia e observe atentamente a proposta. 
2. Evite copiar trechos dos textos apresentados. 
3. Ocupe as linhas de uma margem até a outra e observe o espaçamento adequado entre as palavras. 
4. Não escreva em versos, use linguagem clara e utilize a norma culta da língua portuguesa. 
5. Não se esqueça de dar um título à sua redação (facultativo na opção ENEM). 
6. Use caneta com tinta preta ou azul para transcrever seu texto do rascunho para a folha oficial de redação. 
7. Escreva com letra legível. 
8. Não serão corrigidas redações escritas a lápis nem redações na folha de rascunho, ou ainda, ilegíveis, ou as linhas escritas no verso ou fora do máximo permitido. 
9. Mínimo de 07 (sete) linhas ENEM e máximo de 30. 

10. Será atribuído zero à redação com fuga total do tema ou resultante de plágio, ou ainda, desobediência à estrutura dissertativo-argumentativa, impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte de texto desconectada do tema.

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

Enfrentamento ao alto índice de gravidez precoce

Argumentos por fato exemplo:

“A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, lançam a Campanha Nacional de Prevenção à Gravidez na Adolescência.

https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/abstinencia-sexual-a-acao-em-escolas-5-mitos-sobre-campanha-damares

Argumento por raciocínio lógico:

possível tema de redação do enem 2020: gravidez precoce

https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/madeleine-lacsko/damares-a-abstinencia-e-os-inteligentinhos/?ref=veja-tambem?ref=veja-tambem

Argumento por ilustração real:

Documentário “Meninas”

possível tema de redação do enem 2020: gravidez precoce

Argumento por ilustração real:

Documentário meninas gravidez na adolescência

Argumento por ilustração real:

Profissão Repórter 06/12/2017 Gravidez na adolescência

Argumento por autoridade:

Ministério de Damares elabora política pública baseada em abstinência sexual

[…] o Ministério afirma que o programa não irá se contrapor às políticas de estímulo ao uso de preservativos e outros métodos contraceptivos, será complementar. Também aponta que a proposta se dá com base em estudos científicos que apontam resultados exitosos dessa alternativa de iniciação sexual em idade tardia. No entanto, apenas uma referência é citada, um estudo do pesquisador Marlon Derosa, a partir de uma experiência com garotas do Ensino Médio, no Chile.

Derosa narra que analisou a vida de mil garotas por quatro anos após terem participado de programas de Gravidez precoce, meninas que tinham passado por programas de Gravidez precoce com a abordagem comum, [em que] se faz a apresentação de alternativas de métodos de contracepção artificial e preservativo (vamos chamar “baseado em contracepção”); e [com] jovens que receberam a chamada “educação afetiva”, [em que] são ensinados valores e características inerentes [a] essa fase da vida, as consequências inerentes ao ato sexual (possibilidade de gravidez), a importância dos relacionamentos afetivos e emocionais saudáveis, etc.

A taxa de gravidez na adolescência verificada entre o grupo de jovens que receberam a orientação sexual “baseada em contracepção” foi de 5 em cada 100 jovens, enquanto as jovens que passaram pelo “programa de abstinência”, baseado na responsabilidade, foi de apenas 1 para cada 100 jovens. Ou seja, 4 vezes menos gestações precoces, apresenta o estudo.

https://www.cartacapital.com.br/politica/ministerio-de-damares-elabora-politica-publica-baseada-em-abstinencia-sexual/

Argumento raciocínio lógico:

O foco desses programas é ensinar a responsabilidade e apoiar os jovens a passar pela adolescência de forma saudável e segura.

Argumento por raciocínio lógico:

Num país em que a maioria das vítimas de estupro tem até 13 anos, será que as meninas têm autonomia para dizer não?

No mundo de Damares, todas as meninas brasileiras engravidam porque decidem iniciar sua vida sexual muito cedo. A ministra, inclusive, faz questão de corrigir quem diz que seu projeto milagroso é sobre abstenção sexual. Para ela, não se trata de abstinência, mas, sim, de autonomia. […] Aliás, um dos sinônimos de autonomia é liberdade. E para ter a liberdade de decidir sobre a vida sexual, os adolescentes precisam de informação, não de políticas que castrem seus desejos. […] É óbvio que todos concordam que uma adolescente não deve engravidar aos 12 anos, tampouco se infectar com doenças sexualmente transmissíveis. Não é disso que estou falando – e nem a Damares. A questão é que o Estado não deve ser doutrinador e nem interferir na vida íntima dos cidadãos. O projeto da ministra não tem nenhuma base científica, e as políticas de abstinência aplicadas pelos EUA e Uganda não se mostraram exitosas.

Sâmia Bomfim – deputada federal – PSOL/SP

https://www.cartacapital.com.br/opiniao/damares-alves-e-a-falacia-da-abstinencia-sexual/

Argumento por ilustração real

[…] “O que se faz em Ohio não é exatamente o que propõe a campanha dirigida pelos ministérios da Saúde e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Em Ohio, onde a Gravidez precoce abrange orientar quanto a métodos contraceptivos e abstinência, a lei prevê que o conteúdo sobre abstinência sexual proponha que os jovens se abstenham do sexo até o casamento, lembrando que sexo com menores de 16 anos é crime no estado. Aqui no Brasil o que se pretende é propor uma reflexão sobre a hora certa para iniciar a vida sexual. O sexo casual, pressionado pelo grupo de amigos, têm consequências não só físicas, mas também emocionais, como baixa autoestima, depressão e ansiedade que podem levar à automutilação e ao suicídio, apontam pesquisas.”

https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/cartilha-orienta-adolescentes-americanos-a-dizer-nao-ao-sexo

Confira outros possíveis temas de redação Enem 2020:

#3 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

#2 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

#1 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020


#3 Redação nota 1000: possível tema para o ENEM 2020

Dando sequência à série de publicações sobre possíveis temas de redação para o ENEM 2020, a Studos, em parceria com o professor Everaldo Radlinski, elaborou mais uma proposta para você. Portanto, este material, assim como os anteriores, foi elaborado segundo o método Radlinski. O terceiro tema escolhido é “os desafios ao empreendedorismo no Brasil”

Em tempos de crise, o empreendedorismo acaba ganhando destaque no âmbito socioeconômico. Sendo assim, a proposta temática tomou conta do país devido à pandemia do novo coronavírus, bem como ao momento de crise política e econômica que estamos vivendo. Pesquisas feitas por órgãos como o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) apontam um crescimento no número de jovens empreendedores, além de evidenciarem um aumento considerável do número de mulheres apostando no empreendimento.

Para elucidar o assunto, trouxemos a proposta, textos motivadores ricos em dados e exemplos de repertório sociocultural. O repertório contém pesquisas, notícias, manchetes e imagens. As informações estão divididas, inclusive, em  sugestões de introdução, desenvolvimento 01 e desenvolvimento 02. Ressaltamos a importância de sempre relacionar os argumentos selecionados ao tema proposto.

Não esqueça de ler o material na íntegra e, em seguida, realizar o exercício da escrita!

MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → Proposta ENEM

2 → Instruções

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

1 → Proposta ENEM

Em tempos difíceis, é bastante natural as pessoas optarem pelo empreendedorismo na hora de sair do vermelho. A iniciativa contribui para o crescimento pessoal de quem o faz e também para a economia do país. Nesse cenário, é bastante comum as pessoas buscarem algum tipo de referência ou modelo a ser seguido […]. Um ótimo exemplo a ser seguido é a trajetória da rede Magazine Luiza. Hoje com mais de 760 lojas em todo o País, o Magazine Luiza é uma das Top of Minds (marca mais lembrada) do Brasil no setor e encontra-se em constante crescimento no mercado.

A história de Magazine Luíza teve início, em 1957, com o casal Luiza Trajano e Pelegrino José Donato, tios da atual gestora, Luiza Helena Trajano. Tudo começou quando Dona Luíza, que sempre trabalhou com vendas e era uma das melhores vendedoras em seu emprego, comprou a loja de presentes “Cristaleira”, em Franca. Inicialmente o intuito era criar uma rede de lojas, a fim de empregar os familiares do casal. O modelo deu tão certo que, em 20 anos, a loja já possuía cerca de 30 filiais. O nome Magazine Luiza veio anos depois por meio de um concurso cultural na rádio da cidade para escolher o nome da loja.

Luiza Helena, que há mais de 25 anos é presidente da rede, começou a trabalhar na loja aos 12 anos como balconista e descobriu ali sua paixão por vendas. “Comecei a trabalhar porque adorava dar presentes e minha mãe disse que eu precisava ganhar dinheiro para poder presentear as pessoas”, relembra. Filha e sobrinha única de uma família de vendedores, Luíza acredita que o gosto por vender está em seu DNA […].

Pesquisa GEM 2017, do Sebrae/IBQP, revela o novo perfil do empreendedor no País.

https://cdn-istoe-ssl.akamaized.net/wp-content/uploads/sites/14/2018/05/40-1.jpg

https://istoe.com.br/cresce-numero-de-jovens-empreendedores-no-brasil/

Pesquisa também constatou que as mulheres já correspondem a 51% dos empreendedores iniciais.

Pesquisa também constatou que as mulheres já correspondem a 51% dos empreendedores iniciais,

Matéria completa: Agência Sebrae

Proposta de redação para o enem 2020: empreendedorismo

http://www1.sebraesp.com.br/arquivos_site/biblioteca/escola_de_negocios/conteudos/vocacao_empreendedora.pdf

Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema os desafios ao empreendedorismo no Brasil, apresentando proposta de intervenção sociocultural, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

2 → Instruções

1. Leia e observe atentamente a proposta. 

2. Evite copiar trechos dos textos apresentados. 

3. Ocupe as linhas de uma margem até a outra e observe o espaçamento adequado entre as palavras. 

4. Não escreva em versos, use linguagem clara e utilize a norma culta da língua portuguesa. 

5. Não se esqueça de dar um título à sua redação (facultativo na opção ENEM). 

6. Use caneta com tinta preta ou azul para transcrever seu texto do rascunho para a folha oficial de redação. 

7. Escreva com letra legível. 

8. Não serão corrigidas redações escritas a lápis nem redações na folha de rascunho, ou ainda, ilegíveis, ou as linhas escritas no verso ou fora do máximo permitido. 

9. Mínimo de 07 (sete) linhas ENEM e máximo de 30. 

10. Será atribuído zero à redação com fuga total do tema ou resultante de plágio, ou ainda, desobediência à estrutura dissertativo-argumentativa, impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte de texto desconectada do tema.

3 → Seleção de argumentos – Método Radlinski

O fortalecimento do empreendedorismo no Brasil

Matéria completa: Saúde Abril

Sugestão de informação: Introdução

Taxa de empreendedorismo no Brasil chega a 38%

Segundo pesquisa realizada pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), Brasil chegou a 38  na TTE (Taxa de Empreendedorismo Total). O número indicado pela pesquisa significa que em torno de 52 milhões de brasileiros possuem um negócio próprio. E esse número só tende a aumentar. […] Com o apoio do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), foi possível constatar que entre brasileiros de 18 a 64 anos, 36 em cada 100 tem um negócio ou uma atividade empresarial ou então, está no caminho. Uma vez que isso significa um terço da população, esse foi o melhor resultado do país desde que a pesquisa começou a ser realizada, em  2002.

https://exame.abril.com.br/negocios/dino/taxa-de-empreendedorismo-no-brasil-chega-a-38/

Sugestão de informação: Desenvolvimento 01

Pesquisa Desafio dos Empreendedores Brasileiros

Proposta de redação para o enem 2020: empreendedorismo

Sugestão de informação: Desenvolvimento 02

Com o tema “Empreender é para todos”, o Sebrae-SP prepara o maior evento de empreendedorismo do Brasil repleto de novidades.

https://exame.abril.com.br/pme/feira-do-empreendedor-do-sebrae-comeca-hoje-em-sao-paulo/

Com expectativa de receber 150 mil visitantes em quatro dias, a edição 2019 da Feira do Empreendedor do Sebrae-SP abriu as portas na manhã de hoje, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Na data de hoje, 5 de outubro, também se comemora o Dia do Empreendedor. O evento deste ano tem como tema “Empreender é para todos” e leva ao público mais de 500 expositores e uma extensa agenda de atividades, palestras e oficinas. Para o presidente do Sebrae-SP, Tirso Meirelles, a Feira do Empreendedor é uma oportunidade para motivar a sociedade a empreender e fazer com que o brasileiro recupere a esperança. “Nós precisamos criar as condições necessárias para capacitar, e aqui damos as condições para as pessoas abrirem seus próprios negócios e também para fazer os jovens empreender”, afirmou.

Proposta de redação para o enem 2020: empreendedorismo

https://feiradoempreendedor.sebraesp.com.br/noticias/aberta-a-edicao-2019-da-feira-do-empreendedor-do-sebrae-sp/#content

O empreendedorismo no Brasil é uma atividade econômica que envolve a criação e a operação de uma empresa. Com o objetivo de criar valor ou riqueza, garantindo a utilização ideal dos recursos.

Como essa atividade de criação de valor é realizada continuamente em meio a um ambiente de negócios muitas vezes incerto o empreendedorismo no Brasil, portanto, é considerado uma força dinâmica.

Proposta de redação para o enem 2020: empreendedorismo
Proposta de redação para o enem 2020: empreendedorismo

http://areasigns.com.br/site/portfolio/o-boticario/

Miguel Krigsner

A história de sucesso do farmacêutico começa a ganhar forma no ano de 1977 quando abriu as portas da sua primeira farmácia de manipulação em Curitiba (PR), chamada de “O Boticário”.

O foco era a fabricação de remédios, mas foi com a produção de produtos de beleza, cosméticos e perfumaria que o seu empreendimento começou a ganhar notoriedade, fazer sucesso e atrair clientes. Visionário, ao invés de achar que estava no ramo errado, Miguel viu uma grande oportunidade de negócio e decidiu enveredar pelo caminho dos cuidados com a beleza.

Isso fez “O Boticário” decolar definitivamente e ganhar o país inteiro. Hoje possui uma rede com mais de 3.800 lojas, entre próprias e franquias; mais de 7 mil colaboradores diretos e 25 mil indiretos; e está presente em mais de 1750 cidades. Além disso, seu modelo de negócio já acumula mais de 900 franqueados e é considerado como o maior sistema de franquias do mundo. Como se não bastasse tudo isso, o grupo “O Boticário” também é dono outras marcas importantes como: Eudora, Quem disse Berenice? e The Beauty Box.

https://www.jrmcoaching.com.br/blog/conheca-a-historia-de-5-grandes-empreendedores-brasileiros/

https://sites.natura.com.br/revista/espaco-natura-c14-v1-0

Antônio Luiz Seabra

Em 1969, Antônio, experiente no trabalho em grandes indústrias, lançou sua empresa: uma loja dedicada ao ramo de perfumaria e cosméticos. Entretanto, sua visão de negócios não era a de esperar que seus clientes fossem até ele, mas sim, de oferecer de porta em porta os seus produtos por meio da venda-direta. Daí nasceu a Natura.

Seu pioneirismo deu muito certo e 47 anos depois seu empreendimento se destaca com um dos maiores do setor, tendo expandido suas operações para mais de 9 países localizados na América do Sul, América do Norte, Europa e Oceania. Seu valor de mercado está na casa dos 18 bilhões de reais e um de seus diferenciais é defender a sustentabilidade na produção de seus produtos.

https://www.jrmcoaching.com.br/blog/conheca-a-historia-de-5-grandes-empreendedores-brasileiros/

Confira outros possíveis temas para a redação do Enem 2020:

“o combate à hipersexualização das crianças nas redes e na mídia”

os desafios do combate aos maus-tratos para com os animais no Brasil

“os desafios da convivência familiar em tempos de pandemia”.