Tecnologia na educação: como usar na sua escola

Tecnologia na educação: Quando pensamos no Ensino Médio, nos vem a cabeça a imagem de um professor ensinando os muitos conteúdos exigidos pelos vestibulares e pelo ENEM, além de dar dicas de muitos simulados e provas. Pois, hoje o foco de muitas escolas é o sucesso do aluno nos melhores vestibulares do país.

Mas, nem todos os estudantes conseguem se adaptar a esta rotina tão intensa de conteúdos e exames de avaliação. Assim, muitas escolas, devido a falta de ferramentas especializadas em diagnósticos sobre ensino e aprendizagem, não conseguem identificar as competências e as habilidades dos seus alunos. Porém, a tecnologia na educação pode ajudar em diversos aspectos.

Tecnologia na educação

Atualmente, muitas empresas de tecnologia educacional procuram, através do uso do Big Data e Business Intelligence, conhecer os mais diversos hábitos dos estudantes, como o nível de desenvolvimento, o comportamento e os padrões de performance do cognitivo.
Muitos desses dados são provenientes de diversas fontes de avaliação aplicados pela própria instituição de ensino, mas se encontram desestruturados e são analisados individualmente e, geralmente, pelo professor.
No entanto, quando estes dados são reunidos, processados e interpretados corretamente, usando as tecnologias de estudos de comportamento específicas, com certeza, transformarão e resolverão muitos problemas pedagógicos que a educação contemporânea vem enfrentando. Informação é poder.

Exemplo de tecnologia na educação

Como exemplo disso, a Studos é uma plataforma educacional que tem como foco melhorar o desempenho dos alunos, através de tecnologias desenvolvidas com a participação de muitos professores, coordenadores e diretores que procuram estar em constante aprimoramento.
As atividades pedagógicas realizadas na Studos geram dados que permitem a escola identificar, de forma personalizada, quais são os alunos que precisam de maior orientação pedagógica para conseguirem evoluir de forma mais eficaz nos estudos, com menos estresse e impacto sobre a autoestima.
A imagem abaixo ilustra o desempenho de um estudante em uma atividade da disciplina de física da plataforma Studos.

Imagem: tela de desempenho do aplicativo Studos


 

Conclusão

Conhecer as competências e as habilidades de cada aluno e poder ajudá-lo a evoluir como pessoa é o principal papel e o maior desafio das instituições de ensino, mas é notório que a tecnologia na educação está melhorando o desempenho dos estudantes e, principalmente, transformando o jeito de ensinar e aprender, diminuindo os obstáculos dos educadores.
 
Abraços!
wilson- tecnologia na educação
Conheça como a Studos está transformando a educação no Brasil.
Veja como diminuir o tempo de criação e de correção de provas.
Saiba como reduzir custos na sua instituição.