Como o COC Floripa utiliza big data para melhorar a aprendizagem dos alunos

O setor da educação está passando por muitas transformações, uma delas, é a utilização de dados para tornar o acompanhamento pedagógico mais assertivo. Isso, não só ajuda os gestores a entender cada aluno individualmente, como também aumenta os índices de retenção e as chances de aprovação no vestibular.

Infelizmente, essa ainda não é a realidade para a maioria das instituições de ensino. Por isso, escolhemos a história o de um dos nossos parceiros mais antigos, o COC Floripa, para inspirar outros gestores, como você, a transformar a experiência de aprendizagem em suas escolas.

Sobre o COC Floripa

O COC Floripa faz parte do sistema de ensino que nasceu em Ribeirão Preto e está há mais de 50 anos no setor educacional. A sede da capital catarinense nasceu em 2012, mas já conta com 1.200 alunos em quatro unidades.

O principal objetivo da instituição é dar uma educação de maior qualidade para cada aluno, e possibilitar que ele possa entrar na universidade. Porém, sem deixar de lado outras questões importantes para a formação dos estudantes, como as habilidades socioemocionais. Por esse motivo, para aumentar os resultados, eles precisavam de um alto nível estratégico na gestão pedagógica, e nós conseguimos ajudá-los nisso!

Veja como no depoimento do Erivaldo, gestor do COC Floripa, e entenda porque essa é uma parceria de sucesso:

Depoimento do Erivaldo, Gestor da Instituição: 

“Para o COC, aquilo que nós solicitamos era: conhecer melhor o aluno, saber exatamente quais eram suas dificuldades, quais eram suas facilidades e saber potencializar as duas coisas. Melhorar a facilidade que ele já tem, potencializar, e obviamente, curar os pequenos problemas que esse aluno ainda tinha de defasagem.

A gente sempre fez muitos simulados. A diferença é que fazíamos simulados, mas não tínhamos uma ferramenta que pudesse medir o quanto os nossos alunos estavam indo bem ou não. Era tudo ainda em planilhas do Excel, muito demorado para fazer.

Como a gente consegue agora ficar monitorando o aluno desde o começo do ano até agora, você já consegue ver onde é que ele tem algum gap e depois você vai lá e corrige esse gap. Então, a maneira de monitorar com a Studos é muito, mas muito, melhor. 

É justamente o famoso Big Data. A gente está na era de coletar dados e depois analisar e ver com esses dados o que a gente pode fazer. E acho que o grande lance da Studos é esse: fornecer ao gestor, à parte pedagógica também, um dado mais preciso de como é que esse aluno está se comportando e saber, realmente, fazer o máximo para que ele possa melhorar.

Com certeza, a parte de simulados é a que hoje nós utilizamos mais. O aluno, em paralelo, acaba vendo as suas defasagens e também gera seus treinos. Ele pode gerenciar a sua vida dentro da plataforma.

O feedback dos alunos é muito positivo, sem sombra de dúvida. Os que utilizam têm um resultado muito positivo, então é muito importante deixar isso claro. Depois de saber como a plataforma funciona e como podem melhorar suas defasagens, eles utilizam muito fortemente.

O diferencial da Studos é dar para o gestor, justamente, um conhecimento dos seus alunos. Eu acho que esse é o principal item. Saber como é que cada aluno está, qual é o detalhe de cada um deles e criar o que a gente chama de projeto para cada aluno, que é o que a gente faz na nossa escola, muito bem feito, e para isso, essa ferramenta é fundamental.”

Conclusão

As escolas parceiras da Studos contam, não só, com as diversas funcionalidades da ferramenta, mas também, com o apoio pedagógico dos nossos especialistas para alcançar seus objetivos e adequar a plataforma ao seu projeto pedagógico.

Descubra como transformar a gestão da sua instituição de ensino fazendo um diagnóstico pedagógico com a gente. 

Plataforma Studos para escolas: case coc floripa