5 coisas que você precisa saber antes de entrar na faculdade

São muitas as dúvidas que nos cercam no momento de escolher qual vestibular prestar, para qual curso e em qual faculdade. Por isso, esse artigo com 5 coisas que você precisa saber antes de entrar na faculdade pode te ajudar!

Afinal, entrar na faculdade é um grande passo na vida de qualquer pessoa. Especialmente para quem está saindo do ensino médio, esse passo marca o início de uma longa jornada, que se inicia no âmbito profissional, mas que pouco a pouco vai nos definindo enquanto pessoas.

O tempo dentro do ensino superior é muito mais acelerado que no ensino médio, então, tenha isso em mente: depois de entrar na faculdade você não será mais a mesma pessoa, então pense bem sobre a pessoa e profissional que você quer se tornar!

A faculdade, além de um diploma, oferece EXPERIÊNCIAS.

E para que essas experiências sejam as melhores e mais proveitosas possíveis nós elaboramos esse post com muito carinho, confira.

1- Escolha uma área que você se identifica

Por mais óbvia que essa dica possa parecer, não custa reforçar. Escolher um curso com o qual você tenha identificação vai tornar a trajetória mais leve.

Desde a escola a gente já consegue identificar colegas que têm mais facilidade, por exemplo com as exatas, com as biológicas, com as humanas… 

Sempre tem aquele colega que daria tudo pra não precisar escrever uma redação, ao contrário daquela pessoa que poderia escrever uma redação para cada pequeno problema da vida.

Na faculdade essas características se tornam muito mais marcantes e gritantes.

É muito difícil se identificar com todas as disciplinas da faculdade, ainda assim o ideal é que você tenha o mínimo de identificação por aquilo que vai estudar por até 5 anos.

A promessa de salário de uma profissão pode nos chamar atenção de início, mas a remuneração não pode ser seu único fator de escolha.

Lembre-se que você está traçando um plano de longo prazo então tem que aproveitar a jornada.

2- Entenda o enfoque da instituição de ensino e do curso pretendido

Qualquer curso que você escolher te dará um leque enorme de possibilidades.

Você pode entender melhor como o curso funciona por meio do currículo do curso, onde estarão detalhadas as disciplinas obrigatórias organizadas pelos períodos, além das disciplinas optativas.

Além disso, é importante entender qual é o enfoque que a instituição de ensino dá para o curso e qual é a abrangência profissional.

Abrangência profissional

Entender a abrangência profissional é importante porque ela diz respeito à área de abrangência.

Vamos pensar em um exemplo simples: você saberia a diferença da abordagem e da área de abrangência entre os cursos de Administração com Ênfase em Comércio Exterior, Comércio Exterior e Relações Internacionais?

E entre Ciências Biológicas, Biomedicina e Medicina?

Às vezes os nomes dos cursos e das disciplinas podem se parecer, mas isso não significa que sejam parecidas em relação à carreira.

Aproveite esse tempo para pesquisar e compreender para qual direção você pretende ir.

Você também pode se sentir à vontade para perguntar aos professores ou algum profissional da área que você está escolhendo como foi esse processo com eles.

3- A faculdade não precisa ser uma jornada solitária

Sim, por mais que você esteja investindo tempo, esforço e até mesmo dinheiro na sua formação, ela não precisa ser uma jornada solitária, então faça amizades!

Por mais que às vezes tenhamos apego às nossas amizades da infância ou do Ensino Médio, quem mais vai conseguir nos entender dentro da faculdade serão os nossos próprios colegas.

Afinal, toda a turma estará no mesmo tempo, seguindo os mesmos passos, obedecendo às mesmas regras e prazos, tendo os mesmos professores e enfrentando as mesmas dificuldades.

Ter uma rede de apoio que te compreenda é fundamental.

Já compartilhe esse texto com aquela pessoa que está pensando em ir para o mesmo curso que você para ver o que ela pensa a respeito!

4- Busque atividades que complementem a sua formação

Uma carreira não depende só de uma faculdade ou de um diploma, ela depende das experiências acumuladas neste período.

Por isso as atividades complementares auxiliam a direcionar o seu caminho. Além de valerem horas de atividades complementares, que normalmente são cobradas como critério para a formação.

Grupos de pesquisa e extensão

As atividades de pesquisa e extensão possibilitam contato direto com a sociedade e com a produção de conhecimento.

Para integrar um grupo de pesquisa, você realizará iniciação científica, que pode ser remunerada com bolsa, ou voluntária. Cada universidade tem projetos diferentes.

Este também costuma ser um passo importante para quem pretende seguir a carreira acadêmica dentro da área, além da oportunidade de produzir artigos e aumentar a chance de entrar em um programa de pós-graduação ou em um bom estágio.

Participação em eventos da área e cursos extracurriculares

Em eventos da área você conseguirá se manter atualizado sobre os assuntos mais falados e abordados. Alguns eventos também oportunizam a apresentação de trabalhos, geralmente como resumo expandido.

Os cursos extracurriculares oferecem geralmente uma visão mais específica de um conteúdo, diferente da faculdade que costuma tratar de forma geral.

Empresa Júnior e Atlética

Empresa Júnior é uma associação sem fins lucrativos, formada e gerida por alunos de um curso superior, com o objetivo de fomentar o aprendizado prático na área de atuação.

 Já a Atlética, além de promover o esporte, tem por objetivo integrar os alunos, seja por competições, jogos universitários ou festas.

Estágio

O estágio tem maior aproximação com o mercado de trabalho, e costuma ser remunerado.

Algumas universidades também oferecem um estágio como forma de matéria, dentro da grade curricular.

 5-  O TCC não precisa ser difícil

O seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), além de ser um item obrigatório para a sua formação, será uma ótima oportunidade para você “amarrar” todas as demais dicas acima.

Afinal, agora que você já recebeu as nossas dicas, poderá entrar na faculdade preparando o terreno para finalizar essa etapa com chave de ouro no TCC!

Isso te dá a oportunidade de usar a sua experiência nas disciplinas, iniciação científica, estágio, aulas e o que mais puder para escolher um tema que te interesse, e uma orientação que te auxilie.

É muito comum encontrarmos estudantes nos últimos semestres da faculdade desesperados e cheios de raiva e frustração, especialmente pela dificuldade de lidar com as normas da ABNT, que são cheias de detalhes.

Mas acredite, isso não precisa ser assim!

Com organização e as ferramentas certas, o seu TCC pode ser um ótimo fruto da sua formação.

Realize seus trabalhos acadêmicos de forma otimizadas

Busque ferramentas que podem te auxiliar.

Algumas ferramentas estarão disponíveis por meio do sistema da faculdade, outras você terá que buscar de forma independente de acordo com as suas preferências.

A quantidade de trabalhos cobrada é bastante grande, além de que a comunicação entre professores e alunos é feita majoritariamente via online. Tecnologia e educação andam cada vez mais juntas.

Por esse misto entre educação e tecnologia, muitos arquivos podem se perder no computador, especialmente os trabalhos acadêmicos, incluindo o TCC.

Com o Mettzer você produz os seus trabalhos acadêmicos dentro dos padrões solicitados pela faculdade e das normas da ABNT, sem correr o risco de perder seus arquivos e de atrasar a entrega. Economizando tempo e energia.

O TCC quando feito de forma estratégica deixa de ser um pesadelo e passa a ser um motivo de orgulho, afinal, como você verá, ele é o momento mais esperado pré-formatura.

Depois dele é só correr para a comemoração!

E o melhor é que você não precisa esperar entrar na faculdade para experimentar o Mettzer porque ele formata qualquer trabalho escolar também! Faça um teste gratuito agora mesmo!