fevereiro 2018 - Studos

5 dicas de estudo para a sua aprovação no vestibular e ENEM

Um novo ano letivo se inicia, e com ele, voltam nossos anseios e preocupações. Para quem vai tentar vestibular e ENEM pela primeira vez, o sentimento é misto de curiosidade e atenção, enquanto para aqueles que tentarão novamente, chegam as dúvidas, a vontade de vencer e de conquistar a aprovação.
Porém, todos aqui tem o mesmo objetivo: entrar em uma instituição de ensino superior. Seja o curso que for, o seu esforço e dedicação este ano está voltado para passar no vestibular e/ou ENEM.
Por isso, selecionamos as 5 dicas mais utilizadas por alunos que passaram nos cursos desejados, para que você possa se espelhar, aprender e alcançar a sua aprovação!

1 – Seja focado e persistente

Nós já falamos aqui sobre coisas que fazem você perder sua produtividade. Mas mesmo que você tenha tudo que é necessário para estudar bem, não adianta se você não tiver a capacidade de focar.
Se você tem problemas com desvio de atenção, saiba que, ao exercitar seu foco, em pouco tempo você verá sua evolução. Conhece atécnica do Pomodoro? É uma maneira de desenvolver sua concentração e foco.

2 – Faça e refaça o planejamento

Agora que o tempo está curto, faça o planejamento pensando no prazo que você tem. Defina os assuntos mais importantes e distribua-os ao longo do calendário. Primeiro pense macro, para depois pensar micro. Veja o exemplo:
“Restam apenas 30 dias.
São 5 dias para estudar História.
Se são cerca de 600 páginas para estudar,
Considerando um horário de estudo de 5 horas por dia, são 6 páginas por hora.”
É uma meta totalmente viável, dentro desta realidade. Veja qual é a sua e faça este planejamento.
Além de ter sua produtividade sob controle, você vai perceber que, ao encarar sua meta de forma mais específica, você vai dar conta de todo o conteúdo programático!
É muito importante que você defina metas realistas. Se você colocar metas muito altas, ficará desmotivado em pouco tempo. Veja aqui com construir um planejamento mais completo para arrasar nas provas de vestibulares.

3 – Atualize-se

Separe um tempo de todos os seus dias para leitura de jornais, notícias, revistas e livros.
Essa é uma das dicas mais importantes, porque só assim você vai para além da “decoreba”, exercitando sua capacidade de discernimento. Esteja atento aos acontecimentos recentes e, quando alguma questão abordar atualidades, você vai estará preparado.

4 – Hobbies fazem parte do jogo

Estudar de forma intensa, sem nenhum descanso, prática desportiva, boa qualidade de sono ou horário de lazer não vai te ajudar em nada.
Sua mente precisa descansar, para que, ao voltar a estudar, você tenha um bom desempenho. Este já é um assunto comprovado, que mostra que a prática de atividades desportivas aumenta o desempenho médio em torno de 15%.
Outra boa dica é exercitar conteúdos de formas mais leves, como assistindo um filme ou documentário. Aqui temos uma lista de conteúdos que podem ser aprendidos através do Netflix!

5 – Treine através de provas antigas

Assim você vai se familiarizar com a prova que você for fazer e, exercitar todo o conteúdo.
No app do Studos, por exemplo, estão disponíveis mais de 3 mil provas dos últimos anos dos principais vestibulares do Brasil. São mais de 400 mil questões divididas por instituição, matéria ou assunto. As provas anteriores do ENEM também estão lá, e você consegue ainda praticar sua velocidade de resposta com o controle de tempo feito no aplicativo!

Dica bônus:

Não interessa o tempo que se estude. O que interessa é a quantidade de matéria estudada e a qualidade do estudo!!
Lembre-se que o ano de pré-vestibular pode se estender, e portanto, não reclame o tempo em que poderia estar descansando, mas agradeça pelo tempo em que está estudando.
Aliás, já imaginou estudar toda a matéria do vestibular em dois meses e tirar umas “férias” de 10 dias? Sim isso é possível pois terá estudado pelo menos 3 vezes mais que seus concorrentes. Isso resultara me ter descansado 3 vezes mais, também.
Para facilitar essa prática, baixe o app do Studos, disponível nas app stores do brasil: IOS Android Windows Phone ou acesse pelo desktop aqui .
Um abraço e #BonsStudos
Equipe Estudos

O SISU não rolou pra mim! E agora, o que fazer?

SISU: Consultou sua nota e viu que não conseguiu a vaga esperada?

É triste pensar nisso, porém é uma realidade que pode acontecer em alguns casos. Se você não conseguiu a aprovação através do SISU, a primeira coisa a se fazer é não se deixar aborrecer. Depois disso é vida que segue e sonhos a serem alcançados.
Algumas opções alternativas podem ser seguidas, como: ingresso no ProUni; financiamento através do FIES; seleção para programas de educação profissional e tecnológica pelo SISUTEC; ou ainda tentativas pelas provas vestibulares das próprias instituições.
Então não se desespere! São milhares de estudantes na mesma situação, pensando: E agora… O que fazer?

  • ProUni

    O Programa Universidade para Todos (ProUni) auxilia candidatos não aprovados nas instituições públicas através do SISU, concedendo bolsas de estudos integrais ou parciais (100% e 50%). Dessa forma com o ProUni os candidatos podem aplicar para instituições particulares, através da nota no ENEM. A única regra é ter obtido mais de 450 pontos na prova e não zerar a redação.
    Alguns outros requisitos: ter estudado todo o ensino médio em escola pública, ou particular com bolsa de estudos, e comprovar renda bruta de 1,5 salário mínimo por pessoa na familia (bolsa de 100%) e até 3 salários mínimos por pessoa (bolsa de 50%).

  • Fies

    Outra opção é financiar parte dos estudos através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Esse programa financia a graduação no ensino superior, bastando estar matriculado e cursando uma faculdade particular. A única regra é que a instituição deve estar cadastrada no programa, e ter cursos com boas avaliações do Ministério da Educação (MEC).

  • Sisutec

    Uma terceira opção é o Sistema de SeleçãoUnificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Esse sistema também utiliza o Enem como forma de seleção, mas para as vagas de cursos de educação profissional e tecnológica.

  • Vestibulares

    Através de provas de vestibulares você também tem a chance de entrar em instituições de ensino públicas. Basta ficar atento às datas de pagamento da taxa, provas e seleção de cada universidade.

  • Studos

    Se nenhuma dessas tentativas deu certo esse ano, não se deixe abater! Nunca é tarde para se ingressar no ensino superior. Por isso, se a única alternativa for estudar por mais um ano e tentar o ENEM de novo, não há problema algum nisso. Planeje o seu ano, estude e treine muito para a próxima prova.

Para treinar ainda mais você pode usar o app da Studos! No app tem mais de 400 mil questões divididas por assuntos, disciplinas e mais. Cadastre-se e comece já!
Disponível em todas as app stores: IOS Android Windows Phone
 

SISU está no ar, e agora? 5 passos para você entrar na Universidade

Muitos estavam esperando pelo resultado do SISU. Mas agora que ele saiu, também tem muita gente perdida sobre o que fazer com a nota.
Como o ingresso na universidade não é nenhuma brincadeira, resolvemos explicar o SISU passo-a-passo, para você saber o que fazer e tomar a decisão certa para o seu futuro!
Vamos lá? Primeiramente seguem as datas mais importantes do processo:
SISU

O que é o SISU?

Para você que ainda não sabe, a sigla SISU significa: Sistema de Seleção Unificada. Esse sistema é por onde as Instituições Públicas de Ensino Superior ofertam as vagas, para participantes que prestaram o ENEM no ano anterior e obtiveram nota maior que zero na redação.
Quanto à números, aproximadamente 230 mil vagas são ofertadas pelas instituições semestralmente, sendo ocupadas pelos participantes com as melhores notas respectivamente.

Listas de espera

Para participar do sistema, o candidato deve acessar o Boletim do Candidato, entrar na primeira opção de curso e clicar em “participar da lista de espera”.
A partir dai é só esperar! Esse ano o prazo para inscrição nas listas vai de  02/02 à 07/02 e o resultado e convocação sai à partir de 09 de fevereiro.

Nota de corte

Durante o período de inscrição (29/01 a 07/02) o sistema calcula uma nota de corte, uma vez por dia, para cada curso (sempre com base no número de vagas disponíveis e no total de candidatos inscritos, por modalidade de concorrência). Essa nota é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados.

De qualquer forma, é importante saber que a nota de corte é apenas uma referência! Ou seja, serve apenas para monitoramento e não é garantia de seleção para a vaga.
Além disso, o candidato pode consultar a sua classificação parcial no curso escolhido, mas também serve apenas de referência, sendo a lista oficial, divulgada ao fim do período de inscrição.
Você pode consultar a sua colocação pelo site do SISU.

Como funcionam as matriculas?

O resultado com a lista de aprovados pode ser consultada no site do SISU , nos sites das instituições que integram o programa ou ainda na central de atendimento do Ministério da Educação (MEC).
O candidato deve ficar atendo ao processo de matrícula da respectiva instituição. Em suma, a maioria pede alguns documentos como:

  • RG;
  • CPF;
  • Certidão de Casamento ou Nascimento;
  • Reservista (para homens);
  • Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou Histórico Escolar.
  • Questionário Socioeconômico e ficha de dados cadastrais que se pode ser encontrada no site do SISU 2018;
  • Certidão de Quitação Eleitoral (que pode ser encontrada no site);
  • Foto 3×4.

Todos os documentos acima precisam ser entregues em cópias legíveis e autenticadas.

O SISU não rolou… e agora quais são minhas opções?

É triste pensar nisso, porém é uma realidade que pode acontecer em alguns casos. Se você não conseguiu a aprovação através do SISU, a primeira coisa a se fazer é não se deixar aborrecer. Depois disso é vida que segue e sonhos a serem alcançados.
Algumas opções alternativas podem seguidas, como: ingresso no ProUni; financiamento através do FIES; seleção para programas de educação profissional e tecnológica pelo SISUTEC; ou ainda tentativas pelas provas vestibulares das próprias instituições.
Além disso, nunca é tarde para se ingressar no ensino superior. Por isso, se a única alternativa for estudar por mais um ano e tentar o ENEM de novo, não há problema algum nisso. Planeje o seu ano, estude e treine muito para a próxima prova.
Para treinar ainda mais você pode usar o app da Studos! No app tem mais de 400 mil questões divididas por assuntos, disciplinas e mais. Cadastre-se e comece já!
Disponível em todas as app stores: IOS Android Windows Phone